Páginas

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Namoro a distância

Namoro a distância pode dar certo???
Bom acho que para obter essa resposta depende muito de cada pessoa e do tamanho do amor que ela sente.
Acredito que depende muito do caráter da pessoa também, pois para ter alguém do seu lado é necessário ter respeito, confiança e quando há distância isso se torna mais indispensável ainda. Ai entra a questão do caráter, pois sempre vai ter aquelas pessoas para te colocar "minhocas" na cabeça, para querer te levar para o mau caminho, e cabe a você decidir que rumo tomar, a quem ouvir.
Para manter um relacionamento a distância não se pode perder o cuidado, o carinho,a cumplicidade, a sinceridade, não pode deixar que pequenas coisas sejam maiores que o amor.
Não pode deixar que o ciúmes afete a relação pois o fato de estar longe, não conhecer as amizades, os lugares que frequenta é algo que pode muitas vezes trazer uma "pulga atrás a orelha", mas para isso existe a sinceriade e a confiança.
O segredo é não perder as oportunidades de manter contato, passar segurança a pessoa amada e aproveitar cada segundo, pois posso garantir que o reencontro é a coisa mais maravilhosa que existe e ao contrario do que muita gente fala pode sim dar certo e estar junto é uma questão de tempo.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Caso Bruno e coisas

Não aguento mais ouvir falar sobre o caso Bruno. É só ligar a tv que lá está o caso Bruno, abrir as paginas da Globo.com ou do terra e lá está o caso Bruno. E agora ainda o filho da atriz Cissa Guimarães, dai eu penso o seguinte, se fosse qualquer pobrezinho sem influência na sociedade e no mundo das socialytes com certeza essa repercussão não seria assim, talvez nem na televisão apareceria. A todo momento no Brasil inteiro pessoas são mortas, pessoas são atropeladas, meninas são estupradas,roubos acontecem e muitas vezes ninguém se preocupa, apenas é registrado o boletim de ocorrência e os bandidos liberados. Creio que a televisão ajuda a manter o crime, pois com tudo que mostra acaba ensinando e influenciando os bandidos a praticar os crimes, pois praticar crime contra pessoas famosas dá ibope e contra os "neutros" nada acontece. 

Sem contar nas crianças que acham lindo brincar de bandido e ladrão, ganhar armas de brinquedos nas datas comemorativas, ai estão os futuros marginais, enquanto os pais dizem: "Deixa ele é inocente, nem sabe o que tá fazendo", a índole da criança é formada desde ao nascimento e precisa de boas influencias, bons exemplos para poder construir uma sociedade justa. E eu acredito sim que  o futuro está em cada criança desse mundo e não vai ser assistindo esses absurdos que vamos ter um mundo melhor.

Voltando a escrever

Sempre gostei muito de escrever, mas a falta de tempo a preguiça não me deixavam mais fazer isso.
Ontem a noite me deu uma vontade louca de escrever e aí pensei: "Vou fazer um blog novamente". 
Só queria dizer que este blog não tem o intuito de atingir ninguém e nem de se tornar popular na sociedade, fiz ele somente para expressar minhas idéias, escrever o que não tenho coragem de falar com as pessoas talvez por medo ou por pura falta de alguém me ouvir.
Pensei, pensei e decidi que vou começar falando de mim mesmo e do preconceito do comércio em relação as nossas escolhas acadêmicas.


É o seguinte eu trabalhava na Escola de Educação Infantil Atílio Nicola, EMEI ou o mais conhecido CRECHE, um lugar ótimo de se trabalhar e que de nada tenho a reclamar, mas aconteceu que eu trabalhava por contrato com a 3E e como me formei cortaram o meu contrato e hoje estou desempregada.
Ai me pergunto como pode? Que vida injusta. 
A gente batalha tanto para conseguir pagar uma faculdade, tem dias que fica até madrugada fazendo trabalhos, se esforça nos estágios para quando conseguir se formar ficar desempregada, desamparada??
E o que mais me deixa triste não é só o fato de estar formada e desempregada, mas sim o fato de o comércio ter um certo preconceito com as pessoas formadas na área de Educação, fiz várias entrevistas e as desculpas sempre foram as mesmas: Pedagoga não tem perfil para trabalhar no comércio. Poxa todo mundo sabe que a área de educação é mais voltada para concurso publico, custa dar oportunidade para as pessoas, não pelo seu curso mas pelo empenho e pela vontade de trabalhar.
Pois é está difícil de se conseguir emprego em Santiago, por isso muitos estão indo embora, seguindo outros caminhos aonde abrem as portas independente do seu curso, onde dão oportunidade de se aprender, pois se esta oportunidade não for dada a experiência nunca será atingida.
E se alguém ler e souber de emprego, não esqueçam de me avisar aqui.rsrs